Palavra do Bispo:

44ª Assembleia Diocesana de Pastoral
11 de outubro de 2019
Sínodo: o que é? como acontece?
18 de outubro de 2019

Palavra do Bispo:

Palavra do Bispo: Mês Missionário Extraordinário

Estamos no mês de outubro de 2019, mês e ano determinados pelo Papa Francisco com “Mês Missionário Extraordinário”, com o tema “Batizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo”. Foi no dia 22 de outubro de 2017, no Vaticano, que o Papa Francisco enviou uma carta ao Cardeal Fernando Filoni, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, confiando-lhe a missão de preparar e sensibilizar a Igreja no mundo inteiro para que o mês missionário se torne “uma ocasião de graça intensa e fecunda para promover iniciativas e intensificar de modo particular a oração, o anúncio do Evangelho, a reflexão bíblica e teológica sobre a missão, as obras de caridade cristã e as ações concretas de colaboração e solidariedade entre as Igrejas” para despertar e consolidar o entusiasmo missionário.
Desde o início deste ano a imagem de nosso padroeiro, São Francisco Xavier, e o quadro do Sagrado Coração de Jesus, missionário do Pai, percorrem todas as comunidades paroquiais de nossa Diocese. São muitos e belos testemunhos colhidos ao longo desta peregrinação, cuja razão principal é aprofundar o compromisso missionário de cada cristão.
O pedido do Papa foi explícito, carregado de sensibilidade pastoral: aproveitar o mês missionário de outubro de 2019 “a fim de que todos os fiéis tomem verdadeiramente a peito o anúncio do Evangelho e a transformação de suas comunidades em realidades missionárias e evangelizadoras; e de que aumente o amor pela missão, que é uma paixão por Jesus e, simultaneamente, uma paixão pelo seu povo”.
Em junho de 2018, falando aos diretores nacionais das Pontifícias Obras Missionárias, o Papa Francisco, em tom que lhe é muito próprio, afirmou que precisamos renovar todas as coisas (o coração, as obras, as organizações), caso contrários acabaremos todos num museu. Na ocasião afirmou que o tema escolhido “Batizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo”, sublinha que o envio para a missão é uma chamada inerente ao Batismo e está presente em todos os batizados. “Assim, a missão é envio para a salvação que realiza a conversão do enviado e do destinatário. A nossa vida em Cristo, é uma missão! Nós próprios somos missão porque somos amor de Deus comunicado, somos santidade de Deus criada à sua imagem. A missão é, portanto, santificação nossa e do mundo inteiro”.
Referindo-se ao Sínodo para a Amazônia afirmou: “Como bem sabeis, em outubro de 2019 celebraremos o Sínodo para a Amazônia. Acolhendo as preocupações de muitos fiéis, leigos e pastores, quis que nos encontrássemos para rezar e refletir sobre os desafios de evangelização dessas terras da América do Sul, onde vivem importantes Igrejas Particulares. Gostaria que esta coincidência (com o Mês Missionário Extraordinário) nos ajudasse a manter o nosso olhar fixo em Jesus Cristo ao enfrentar problemas, desafios, riquezas e pobrezas; nos ajudasse a renovar o empenho de servir o Evangelho para a salvação dos homens e das mulheres que vivem naquelas terras. Rezemos a fim de que o Sínodo para a Amazônia possa requalificar a missão segundo o Evangelho, também naquela região do mundo tão provada, tão injustamente explorada e tão necessitada da salvação de Jesus”.
Meu caríssimo leitor, cada um de nós é membro vivo da Igreja de Jesus, juntos temos a missão de levar o Evangelho, a Boa Nova da salvação. Testemunhemos a nossa fé com a nossa vida e rezemos para que todos se encontrem com o Senhor. E ainda lhe peço uma oração especial para o Sínodo para a Amazônia, que acontece no Vaticano, em Roma, entre os dias 06 e 27 de outubro deste ano. Somos discípulos missionários do Senhor!