Segredo para suportar a batalha espiritual

Perseguição aos cristãos aumentou em 2015, afirma organização
10 de março de 2016
Audiência Geral: Papa reza o Terço pelas vítimas do terremoto
24 de agosto de 2016

Para suportar a batalha espiritual, na qual estamos envolvidos, precisamos da Eucaristia

Quando comungamos, recebemos realmente o Corpo do Senhor, que tem carne, sangue, ossos, sentimentos e coração. “Os judeus discutiam entre si: ‘Como é que ele pode dar a sua carne a comer?’” (Jo 6,52).

Jesus sabia das dúvidas que viriam e do que haveriam de dizer: que a Eucaristia é apenas um símbolo, que é apenas uma entrega “espiritual” do Senhor.

O Corpo de Jesus

Quando comungamos, é a pessoa inteira de Jesus que recebemos, é Jesus Ressuscitado com Seu Corpo glorioso. Entramos em comunhão com Suas chagas, que foram abertas por nós, para curar as nossas feridas e as marcas que o pecado nos deixou. Comungamos o Coração do Senhor, que amou e ainda ama cada um de nós, o mesmo Coração que foi perfurado pela lança.

O Corpo de Jesus, presente na Eucaristia, vem atingir plenamente o nosso ser.

Quantas pessoas hoje sofrem de depressão, angústia, tensão e insônia, dependendo de remédios para dormir e viver com um pouco de tranquilidade! Malefícios que são consequência da tentação, que vem para destruir tudo em nossa vida.

Batalha espiritual

Para suportar a batalha espiritual na qual estamos envolvidos, precisamos da Eucaristia.

Trazemos em nós o próprio poder criador de Deus: o homem fecunda e a mulher gera e dá à luz uma nova vida. É a sociedade entre Deus e a criatura humana para gerar novos filhos. Mas o inimigo se aproveita de nossa fragilidade nessa área, tentando-nos constantemente, para que usemos nossa sexualidade de forma totalmente desvirtuada.

Somos carentes de amor e afeto, não recebemos amor suficiente dos nossos pais. Não fomos valorizados por pessoas importantes para nós, na nossa casa, na escola. Logo, quando começamos a despertar para a vida afetiva, o que costumam nos oferecer é sexo e não amor.

Procuramos dar e receber amor, mas, muitas vezes, o que recebemos é sexo, e sexo sujo!

Muitos rapazes e moças, meninos e meninas, já passaram por essa experiência, que é a origem de todo o estrago.

Para vencermos essa batalha em que o próprio tentador quer acabar conosco, destruindo-nos pela parte mais fraca, precisamos da Eucaristia. A nossa força, o nosso alimento e remédio será a Eucaristia. Ela é o próprio Corpo do Senhor, dado ao nosso corpo ferido pelo pecado.

Nosso Senhor Jesus Cristo, pessoalmente, vem até nós para nos curar e libertar. Passar horas com Jesus no sacrário é o melhor remédio, a melhor terapia. Não imaginamos o efeito que isso produzirá em nossa vida, em nossa mente e coração, nas nossas emoções e sexualidade. O Senhor realizará até mesmo as curas físicas de que precisamos.

Jesus Eucarístico, pela força do Espírito Santo, quer curar toda área da nossa afetividade e sexualidade. Ele vem curar toda a esterilidade que o mundo nos trouxe e nos devolver a vida.

Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib

Fonte: Canção Nova